Warning: touch(): Unable to create file /www/wwwroot/prod.maisusa.com/wordpress/wp-content/cache/wp-rocket/maisusa.com/visto-p-para-atletas-artistas-e-membros-da-industria-do-entretenimento/.mobile-active because No such file or directory in /www/wwwroot/prod.maisusa.com/wordpress/wp-content/plugins/wp-rocket/inc/front/process.php on line 183
Visto P – para atletas, artistas e membros da indústria do entretenimento
IMIGRAÇÃO

Visto P – para atletas, artistas e membros da indústria do entretenimento

Tirar o visto americano é obrigatório para todo brasileiro que deseja entrar nos Estados Unidos, seja para turismo, negócios ou trabalho. Os brasileiros tem uma grande variedade de vistos para os EUA, entre eles, há o tipo de Visto P que é específico para atletas, artistas e membros da indústria do entretenimento. Vale lembrar que neste tipo de visto há o P-1, o P-2 e o P-3.

Os vistos P são temporários de trabalho e permitem que o indivíduo atue em determinados tipos de atividades nos EUA que são relacionadas a habilidades e talentos únicos. Conheça um pouco mais sobre cada um deles:

Visto P-1

O visto P-1 tem como objetivo permitir a entrada nos EUA de atletas considerados de primeira linha. Para se qualificar para esse tipo de visto, é preciso que o cidadão comprove ser um atleta com reconhecimento internacional em um esporte especifico. Deve-se comprovar também que a pessoa tem um contrato com alguma liga dos EUA ou um evento internacionalmente reconhecido.

É necessário apresentar evidências do reconhecimento internacional, o que pode incluir provas de que a pessoa já competiu em nível internacional, que já participou alguma vez de uma grande equipe dos EUA, já fez parte de um ranking internacional ou algo do tipo. O visto P-1 permite que o atleta permaneça nos Estados Unidos por até cinco anos e um time ou equipe por um período de até seis meses.

Como solicitar o visto P-1

O visto P-1 exige que o empregador dos EUA solicite ao USCIS. Então é preciso que a pessoa visite uma embaixada ou consulado do EUA para preencher o formulário.

  1. Receber uma oferta de emprego nos EUA

A pessoa solicitante do visto precisa receber um convite para participar ou apresentar um evento nos EUA. Se não houver pagamento pela realização do evento, talvez seja necessário outro tipo de visto. Mas se a pessoa estiver sendo paga, então ela deve solicitar o Visto P-1.

  1. Aguardar o empregador enviar uma petição

O empregador dos Estados Unidos deve fazer o registro do formulário I-129, que é a petição para trabalhador não imigrante. É necessário que o empregador faça o pagamento de algumas taxas e anexe junto com a documentação de apoio para que seja feita a verificação do reconhecimento internacional da pessoa ou do grupo. Esses são os principais requisitos para esta petição:

  • Uma comprovação por escrito de uma organização trabalhista apropriada sobre a natureza do trabalho a ser realizado (embora esse requisito possa ser justificado);
  • Uma declaração que possa provar que o grupo foi estabelecido e está funcionando regularmente por pelo menos um ano;
  • Itinerário com as datas e locais das performances atléticas ou artísticas;
  • Uma cópia do contrato de trabalho;
  • Uma declaração listando cada membro do grupo e as datas exatas em que cada membro começou a trabalhar no grupo;
  • Evidência que comprove o reconhecimento internacional do grupo ou individuo como “destacado na disciplina por um período de tempo substancial e sustentado”; essa evidência pode incluir as seguintes informações:
    • Provas de que o grupo já se apresentou e atuará como um grupo de entretenimento principal ou em destaque em uma produção significativa, conforme evidenciado por críticas, anúncios, comunicados publicitários, endossos, etc;
    • Evidências de que o grupo alcançou reconhecimento internacional, prêmios e elogios de organizações de prêmios, críticos e outras entidades;
    • Evidência de que o grupo tem um registro de sucesso comercial ou atlético importante;
    • Evidência de ter participado de forma significativa em uma temporada anterior com uma importante liga esportiva dos Estados Unidos, uma equipe nacional ou uma equipe de faculdade ou universidade;
    • Evidência de que a equipe ou o indivíduo está classificado, se as classificações internacionais estiverem disponíveis;
    • Evidências de que a pessoa ou equipe alcançaram um reconhecimento significativo no esporte;
    • Prova de que seu grupo está recebendo um salário excepcional ou recebendo um pagamento excepcional por seus serviços nos Estados Unidos.

Após a entrega da petição ao USCIS, ela terá um prazo de 2 a 8 semanas para ser processada. Se for aprovada, os patrocinadores dos EUA e os atletas ou animadores serão notificados com o envio do Formulário I-797, Aviso de Ação. Somente após esse processo, os solicitantes do visto P-1 poderão seguir com o pedido de visto na Embaixada ou Consulado dos EUA.

  1. Preencher o formulário DS-160

Depois de realizada a primeira etapa do processo, a pessoa deve dar início à inscrição no site do consulado local dos EUA. O solicitante deve preencher o formulário DS-160, que fica disponível online e enviá-lo. Após a conclusão do preenchimento a pessoa receberá uma página de confirmação.

  1. Pagar a taxa de inscrição

Normalmente, a taxa padrão de um pedido de visto P-1 é de 190 dólares. Outras taxas existentes devem ser pagas pelo empregador nos EUA. Salve os recibos do pagamento da taxa de inscrição.

  1. Agendamento da entrevista

Todas as pessoas que solicitam o visto P-1, entre as idades de 14 a 79 anos devem realizar uma entrevista pessoal na Embaixada ou Consulado americano local. Guarde a carta de confirmação de entrevista após realizar o agendamento.

  1. Organizar a documentação

Até o dia da entrevista, o empregador deverá já ter enviado muitos dos documentos de apoio, como as evidências do reconhecimento internacional e as conquistas da equipe ou individuo. Leve esses documentos para o momento da entrevista. Outro documento necessário é um passaporte válido, uma foto válida para o visto dos EUA e outros documentos importantes para a solicitação do visto P-1.

  1. Entrevista

Durante a entrevista, o funcionário consular irá confirmar as informações apresentadas na inscrição, assim como os documentos solicitados. Isso é uma forma de garantir que a pessoa ou equipe estão viajando para os EUA para um propósito legitimo. A entrevista pode durar até 60 minutos e o solicitante deve ser sincero nas respostas.

Tempo de processamento

O visto P-1 levará cerca de 3 a 6 meses para ser processado. No entanto, a opção do processamento premium, onde o empregador paga uma taxa de US$1,225 e o visto é processado em apenas 2 a 3 semanas. A pessoa ou equipe está livre para trabalhar para vários empregadores com um visto P-1, porém, é obrigatório que cada empregador apresente uma petição separada para o USCIS.

Validade do Visto P-1

  • Atleta individual: O visto P-1 para um atleta individual será concedido por um período máximo de cinco anos. O individuo poderá estender o visto por mais cinco anos e após esse período de 10 anos, a pessoa deverá retornar ao seu país de origem.
  • Atletas de uma equipe: Os atletas de uma equipe terão um visto com validade de no máximo um ano, que pode ser estendido anualmente em acréscimos de um ano.
  • Grupos de entretenimento: Os grupos de entretenimento recebem um visto válido por 1 ano e as extensões também estão disponíveis anualmente em acréscimos de um ano.

Visto P-2

O tipo de visto P-2 é direcionado para artistas ou profissionais do entretenimento que buscam ir para os EUA para trabalhar individualmente ou como parte de um grupo, e para os que vão atuar como parte de um programa de intercâmbio recíproco. Para conseguir esse tipo de visto temporário, a pessoa precisa ser um artista que está entrando nos EUA através de um programa de intercâmbio reconhecido pelo governo. O visto P-2 permite que o artista fique no país durante o tempo necessário para concluir a performance ou evento que estiver realizando, por um prazo máximo de um ano.

Visto P-3

O visto P-3 também é específico para artistas e profissionais da indústria do entretenimento, porém, não exige a participação em um programa de intercâmbio cultural como no visto P-2. Esse tipo de visto é direcionado para aqueles que buscam entrar nos Estados Unidos para atuar, ensinar, desenvolver, treinar, realizar ou representar uma etnia única, apresentação teatral, artística, cultural, musical ou folclórica.

Para se qualificar para o visto P-3, o artista deve incluir na aplicação um cronograma com uma lista de eventos e cartas de especialistas no seu ramo culturalmente único que possam validar as suas habilidades. Deve-se ainda documentar a peculiaridade cultural única que a pessoa tem a intenção de realizar nos EUA.

Como solicitar um Visto P-3

Para obter o visto P-3 é preciso que o empregador ou organização patrocinadora solicite uma petição de formulário I-129 para trabalhador não imigrante. Neste formulário devem estar inclusos documentos de suporte como:

  • Uma explicação do evento e o itinerário nos EUA;
  • Depoimentos ou cartas de especialistas reconhecidos provando a autenticidade da habilidade no ensino, no desempenho, no treinamento ou na apresentação da forma de arte única, fornecendo as credenciais do especialista para avaliar um programa culturalmente único;
  • Ou uma documentação de que o artista ou o desempenho do grupo são culturalmente únicos por meio de resenhas em periódicos, jornais ou outras publicações;
  • Documentação que comprove que todas as suas performances planejadas serão culturalmente únicas.

Todos que se qualificarem para esse tipo de visto, poderão permanecer nos Estados Unidos por um período necessário para concluir o evento, não podendo exceder 12 anos. É possível solicitar extensões para continuar ou concluir as apresentações por até um ano. Os filhos menores de 21 anos e o cônjuge do artista podem obter um visto do tipo P-4 caso queiram acompanhar o titular do visto durante a estadia nos EUA.

Aqueles que não têm intenção de residir nos EUA e desejam apenas visitar o titular do Visto P-2 ou P-3, podem solicitar o visto B-2, ou para os que se qualificam podem viajar por meio do Programa de Isenção de Vistos.

VEJA TAMBÉM:

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar