IMIGRAÇÃO

Visto B1/B2 – Como tirar o visto americano de turismo e negócios

Antes de entrar nos Estados Unidos, você irá precisar de um visto. O visto, é a sua permissão para entrar no país. E cada objetivo de viagem, é um tipo de visto. O Visto B1/B2 é para Turismo e Negócios, com ele, você pode passear, fazer compras, participar de feiras e congressos, reuniões, contratos e compra de imóveis. Para estudar, é outro tipo de Visto, o mais comum para estudar é o Visto F1/F2. Para trabalhar, são os vistos de trabalho, como o Visto H-2B ou Visto H-2A. Ou seja, antes de tirar seu visto, tenha em mente qual é o seu objetivo no país.

Esse visto é colado no seu passaporte e geralmente o Visto B1/B2 vale por 10 anos. Dentro desses 10 anos, o visto de turismo Visto B1/B2 te permite ficar por 6 meses no país. Ou seja: você tem permissão de ir e voltar para os EUA por 10 anos, ficar no país por seis meses, voltar para seu país, e depois pode viajar por mais 6 meses.

Caso queira analisar o processo todo, da retirada do passaporte até a chegada nos EUA, basta clicar aqui.

O período de permanência nos EUA é determinado pelo oficial de imigração na chegada ao país. Quando você chega no aeroporto americano, o oficial da imigração que irá te entrevistar, te dirá quanto tempo você poderá ficar antes que seu período de permanência expire. Normalmente eles te permitem ficar por 6 meses, mas dependendo do oficial, ele pode te conceder menos tempo. Por isso, não compre ou reserve nada que não seja reembolsável de passagens aéreas ou pacotes de viagem antes do recebimento do visto, porque caso ele seja negado, você não conseguirá reembolsar o dinheiro.

Qual a diferença entre o Visto B1 e o Visto B2?

O Visto Americano B1 disponibiliza a oportunidade de participar legalmente de reunião de negócios, eventos, feiras, serviços de engenharia, palestras, conferências e estágios. Porém, os vistos de categoria B, não legitimam a ação de trabalhar nos EUA, mas sim, uma viagem com um propósito temporário. Para que o visto B1 seja possível, é necessário fazer a solicitação da carta da empresa referente, bem como a entidade que você estará associado. Nela, você deve explicitar as intenções da viagem.  Para solicitar o visto que permite que você trabalhe e mantenha atividades remuneradas em outro país, você pode clicar aqui para entender qual tipo de visto será o mais adequado.

Já o Visto Americano B2, é aconselhado para aquelas pessoas que desejam conhecer outro país, passeando e conhecendo novos lugares.

O que se pode fazer com um B1/B2?

Com o Visto B1/B2 você pode passear como um turista. Fazer compras, participar de feiras e congressos. Participar de reuniões de negócios. Realizar consultas médicas, intervenções cirúrgicas. Assinar contratos e comprar imóveis. Com ele você não pode trabalhar nos Estados Unidos, ou seja, você não tem permissão para isso. Com ele, você não pode morar nos EUA e nem estudar. Apenas passear, conhecer os pontos turísticos, como o próprio nome já diz.

Para poder trabalhar ou estudar você precisaria de um visto de estudante ou um visto de trabalho. Cada motivo para ir para os EUA tem o seu tipo de visto. Você precisa ter permissão para realizar determinadas ações nos Estados Unidos, nunca desobedeça as leis, sempre haja de acordo com o seu visto.

O que é preciso para tirar o visto?

Quando for tirar seu Visto B1/B2, terá que ter em mente o motivo da sua viagem. Saber para onde vai, quando vai, quando vai voltar e onde ficará hospedado. Embora nada esteja comprado ainda, você precisa saber ou pelo menos ter planejado.

Também precisa ter recursos financeiros para a sua estadia. É recomendável que declare renda em seu país de origem. A imigração pode encarar que, se uma pessoa não declara imposto de renda,  é porque provavelmente não tem condições financeiras de viajar. Caso seja outra pessoa a financiar sua viagem (alguém que patrocine/pague por você), são as condições dessa pessoa que serão analisadas.

Você terá que provar seus vínculos com o seu país de origem. Algum motivo para voltar ao seu país. Esses motivos podem ser emprego, família, possuir uma casa própria, ou estar cursando uma faculdade ou algum outro curso. São vínculos com o seu país, já que essas coisas não se abandonam.  A Imigração quer ter certeza de que você irá voltar ao seu país de origem. Que você não vai ficar nos Estados Unidos depois que seu visto vencer (antes dele vencer, você deve deixar o país). Caso sua família inteira more nos Estados Unidos e você queira ir pra lá, será considerado um imigrante em potencial e seu visto pode ser negado. Terá que demonstrar que precisará voltar para o seu país de qualquer forma.

Como tirar o visto B1/B2, passo a passo:

Primeiro passo – Preencha o formulário DS-160

O Formulário DS-160 é uma lista de perguntas que será a base do seu visto. O Formulário está disponível nesta página. Portanto, o primeiro passo para tirar seu Visto B1/B2 começa na internet. Preencha o formulário DS-160. As perguntas são em inglês mas você pode traduzir com ferramentas do próprio site ou navegador. Caso tenha dúvidas, clique aqui e veja como preencher a DS-160 passo a passo.

Reserve uma hora para esta etapa e tente ser totalmente honesto ao preencher o formulário. São perguntas simples e fáceis, entretanto, tome cuidado e preencha com atenção, pois em cerca de 60% dos casos em que o Visto Americano é negado, o motivo é pelo preenchimento errado deste formulário. Esse formulário é a base para o seu visto, todo o restante do processo é baseado nele. Todas as respostas devem estar em inglês.

Segundo passo – Pague a taxa de solicitação

Entre no site do CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) e pague a taxa MRV de U$160 (multiplique esse valor pelo preço do dólar no dia em que for pagar, geralmente fica em torno de R$600+ reais) via Cartão de Crédito ou Boleto Bancário. Caso escolha a opção Boleto, terá que esperar a confirmação de pagamento. Essa taxa não é reembolsável, mesmo que o seu visto seja negado. É importante guardar o comprovante de pagamento, você precisará dele depois.

Terceiro passo – Agende o local

Você realizará duas etapas presenciais para tirar o seu visto, terá que ir a dois lugares: a visita ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) e a entrevista no consulado ou embaixada. Os agendamentos podem ser feitos pela internet ou pelo call center (confira). Imprima a página de confirmação do agendamento.

É nesta etapa que você vai escolher onde gostaria que seu visto fosse entregue. Ele pode chegar na sua casa pelos Correios ou você pode optar por retirá-lo pessoalmente no CASV.

Quarto passo – A visita ao CASV

Como dito no terceiro passo, uma visita ao CASV é necessária antes de ir na entrevista do consulado. Lá eles irão coletar informações biométricas e tirar uma fotografia. Tudo no dia previamente agendado. Você deve ir munido de:

  • passaporte válido assinado (é no passaporte que o visto é colado);
  • página de confirmação do formulário DS-160 impressa (com código de barras) e
  • página de confirmação do agendamento impressa.

Quinto passo – A entrevista no consulado

Quem tem entre 14 e 79 anos precisa comparecer à embaixada ou consulado para sua entrevista. Quem tem menos de 13 ou mais de 80 anos podem entregar a documentação através de um representante. Se o formulário tiver sido bem preenchido, a entrevista tende a ser rápida. Essa etapa é tão importante quanto o preenchimento do Formulário DS-160. É nessa entrevista que você saberá se o seu visto foi negado ou aprovado. O agente que irá te entrevistar, apesar de ser americano, falará português. Ele só vai confirmar tudo o que você já disse no Formulário, e não se engane, ele já sabe todas as respostas antes de te perguntar.

Quais documentos levar?

Você deve levar todos os documentos que julgar necessário ou que tiver em casa sobre você. Tudo! Não existe uma lista de documentos, mas é bom levar tudo. Eles podem não pedir nada, mas pode ser que peçam alguma documentação como prova para o que você disse no Formulário. Então, mesmo que não use, leve sua pastinha com todos os seus documentos.

No dia, você deverá levar:

  • passaporte válido assinado com etiqueta com código de barras no verso;
  • passaporte antigo com vistos anteriores, se for o caso;
  • página de confirmação do agendamento; e
  • documentos que considere relevante para provar as informações que você colocou no formulário.

Não existe uma lista específica, segundo a embaixada. Pode ser, inclusive, que o oficial consular não precise ver nada além do passaporte. Ainda assim, mesmo não sendo obrigatório, vale levar:

  • carteira de trabalho;
  • declaração de Imposto de Renda (IR);
  • holerite recentes;
  • certidões de casamento/nascimento;
  • extratos bancários dos últimos meses;
  • documentos de veículos;
  • escrituras;
  • declarações escolares;
  • cartas de empregadores e, para donos de empresas, declarações de IR e certificação recente de CNPJ;
  • passaportes anteriores de pessoas viajando com você, principalmente se forem seus familiares;
  • caso outra pessoa vá pagar sua viagem, é importante levar também os mesmos tipos de documentos recomendados acima para os solicitantes.

Clique aqui e obtenha dicas para passar na entrevista do consulado.

Importante:

Comparecer não mais que 15 minutos antes do horário agendado. E atenção! Não é permitida a entrada no consulado de aparelhos eletrônicos, mesmo que desligados. Eles podem ser deixados em casa, ou, serão entregues na entrada e devolvidos na saída.

A entrega de documentos falsos/alterados pode resultar não só na negação do visto, mas até em uma declaração de inelegibilidade permanente para vistos americanos.

Quinto e último passo – Entrega do passaporte

No fim da entrevista, você saberá se seu Visto B1/B2 foi aceito ou não. Caso for negado, você volta com o seu passaporte pra casa. Caso seja aceito, o passaporte com o Visto B1/B2 é entregue em até dez dias úteis. Se sua opção de entrega foi o CASV, aguarde o e-mail com orientações sobre como retirar o seu passaporte. Após a ida ao CASV sua opção de entrega não poderá ser alterada.

Quando a entrevista acabar, você vai saber se o seu visto foi negado ou aprovado. Se for negado, eles irão te entregar o seu passaporte e você pode tentar outra vez. Caso seja aprovado, então você precisa esperar seu passaporte chegar na sua casa (se foi escolhido assim) ou pegar pessoalmente no CASV. O passaporte com o Visto B1/B2 é entregue em até dez dias úteis. Se sua opção de entrega foi o CASV, aguarde o e-mail com orientações sobre como retirar o seu passaporte. Após a ida ao CASV sua opção de entrega não poderá ser alterada.

É certeza de entrar nos EUA?

Não. Apesar de todo esse processo, o visto não garante sua entrada nos Estados Unidos. Mesmo que seu visto seja aprovado, não é certeza de que te deixem entrar nos Estados Unidos. Isso porque essa não é a única entrevista desse processo. Quando você pegar seu visto, embarcar no avião e viajar aos EUA, irá ter uma última entrevista te esperando no aeroporto americano. Será parecida com essa do Consulado, eles só irão confirmar as informações. Embora seja difícil mandar a pessoa de volta ao seu país de origem, pode acontecer. É nessa entrevista do aeroporto que a imigração te dirá quanto tempo você pode ficar nos EUA.

Saiba mais sobre a imigração nos aeroportos americanos clicando aqui. 

Validade do Visto B1/B2

Vistos de turismo são válidos por 10 anos. O período de permanência geralmente é de 6 meses.

Embora tenha “negócios” no nome, não é permitido trabalhar lá

O portador do Visto B1/B2 não pode ter um emprego fixo e receber um salário nos Estados Unidos, tampouco morar por lá. Você terá seu compromisso pontual como reuniões, palestras e outros evento e, depois, deve retornar ao seu país.

Renovação do documento

Brasileiros portadores do Visto B1/B2 podem se qualificar para a renovação do visto pedindo-a até 12 meses após o vencimento (antes, esse prazo era de 48 meses). Nesse caso, é necessário apenas preencher novamente o formulário DS-160 e ir ao CASV.

Quem teve o último visto aprovado com menos de 14 anos de idade precisará realizar todas as etapas novamente, como se estivesse tirando o documento pela primeira vez. A taxa da renovação é a mesma: US$ 160.

VEJA TAMBÉM:

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo