TURISMO

Parque dos Vulcões no Havaí – Hawaiʻi Volcanoes National Park

Conheça o incrível Parque dos Vulcões no Havaí

O Parque dos Vulcões é o lugar mais popular para conhecer alguns dos vulcões que existem no Havai. Com 134.795 hectares, o parque fica localizado na ilha que recebe o mesmo nome do estado, também conhecida com “Big Island”, por ser a maior ilha em extensão territorial do arquipélago. O parque foi criado ao redor de dois dos vulcões mais ativos do mundo, o Kilauea, que está em erupção continua desde o ano de 1983 e o Mauna Loa, que teve sua ultima erupção em 1984.

Reconhecido como Patrimônio da Humanidade, o Parque Nacional recebe cerca de 2,6 milhões de visitantes todos os anos e além de suas incríveis formações de lava endurecida, o local ainda abriga plantas e animais que vivem em suas sete zonas ecológicas. No Parque Nacional dos Vulcões a lava quente derretida esculpe de maneira surpreendente as belas paisagens até se encontrar ao mar, se transformando em vapor.

Duas estradas principais fazem parte do Parque, a Crater Rim Drive, com aproximadamente 17 km que cerca a caldeira de Kilauea, e a Chain of Craters Road com 32 km que desce a encosta sul do Kilauea e termina quando chega ao oceano. Essa estrada tem diversos mirantes para as crateras de vulcão e também conectava outras duas estradas, que tiveram 15 km obstruídos por um fluxo de lava, o que passou a impedir a conexão.

Principais atrações do Havaii Volcanoes National Park

Kilauea Visitor Center

O centro de visitantes é a primeira parada os milhões de turistas que visitam o Parque, já que é lá que você vai encontrar todas as informações necessárias sobre o local, como a programação diária de atividades, o que fazer no parque, guardas florestais e voluntários disponíveis para fornecer suporte aos visitantes, dicas sobre as trilhas e caminhadas, além de ter exposições que mostram ao público uma visão geral das características ambientais, culturais e históricas do Parque Nacional dos Vulcões.

No local há ainda uma loja, que vende livros, pôsteres, além de outros itens e materiais educacionais sobre os vulcões, todos os rendimentos das vendas servem para beneficiar os programas do Parque. O Centro de Visitantes Kilauea funciona diariamente, das 9h às 17h e fica localizado próximo à estação de entrada do Parque Nacional.

Thurston Lava Tube – Caverna formada pela lava

Uma das melhores maneiras de conhecer mais sobre os vulcões e seus processos de formação e erupção é explorando os tubos de lavas. O Parque reúne diversas passagens subterrâneas, conhecidas também como pirodutos, que são formadas pelos fluxos de lava dos vulcões capazes de percorrer grandes distâncias sob a superfície. Quando a lava desaparece no final de uma erupção ou quando é desviada para outro caminho, as cavernas vazias são formadas, trazendo uma historia fascinante a ser descoberta.

Uma das atrações mais visitadas do Parque é o Thurston Lava Tube, chamado de Nahuku, incrível caverna de centenas de anos que ficou para trás depois de um grande fluxo de lava. A caverna possui o teto alto e um piso plano que facilita a locomoção dos visitantes, há ainda iluminação instalada por todo o trajeto. Para chegar lá é preciso fazer uma caminhada de 20 minutos em um trajeto bem estreito, porém asfaltado, que passa por uma linda floresta tropical.

Thomas A. Jaggar Museum

O museu geológico é totalmente dedicado à sismologia e vulcanologia, possui sismógrafos e medidores de inclinação que medem em tempo real a atividade sísmica e representam terremotos conforme eles ocorrem. No museu há também diversas exposições com displays coloridos e monitores que exibem vídeos de erupções do Kilauea e do Mauna Loa que já aconteceram, assim como imagens térmicas da Cratera Halema’uma’u, tiradas da câmera do USGS Hawaiian Volcano Observatory. É possível ver ainda pedaços de lava resfriada diversos equipamentos utilizados para acompanhar os vulcões. O museu fecha às 20h e costuma ficar mais movimentado ao anoitecer, quando os visitantes também aproveitam para observar a cratera de Halemaumau.

Kilauea Iki Overlook

Uma das vistas mais incríveis do Parque é encontrada na Kilauea Caldera e na Cratera de Halemaumau com dois quilômetros de largura e três km de comprimento. Os melhores horários para observar o brilhante lago de larva derretida são antes do amanhecer e ao anoitecer, quando o forte brilho vermelho mostra seus encantos. Durante o dia a visão fica menos aparente com a paisagem rochosa cheia de arbustos e a fumaça branca subindo da Caldeira. O mirante para observação fica localizado do lado de fora do Jaggar Museum.

Holei Sea Arch

Um dos pontos mais populares entre os visitantes é o Arco do Mar de Holei, um enorme arco formado por lava petrificada que fica no fim do penhasco, próximo ao fim da estrada Chain of Craters Road. Uma curta trilha que começa um pouco antes do marcador 19, leva diretamente ao local. O arco possui aproximadamente 27 metros de altura, foi formado há cerca de 550 anos e continua sendo constantemente esculpido pela força das ondas do mar. De acordo com o National Park Service, a formação rochosa pode não durar para sempre, tendo uma vida útil limitada, acabará desmoronando de vez, entrando em colapso devido a força das ondas do mar.

Trilhas e caminhadas no Parque dos Vulcões 

O Parque Nacional dos Vulcões oferece diversas trilhas e caminhadas guiadas para os visitantes conhecerem pontos específicos do lugar. Entre as principais trilhas estão:

Devastation Trail: uma trilha quase extinta que foi devastada pela erupção do Kilauea Iki, a trilha é pavimentada e dura cerca de 30 minutos.

Petroglyphs Pu’u Loa: a trilha costeira atravessa um campo de lava com mais de 500 anos de idade e segue para um dos maiores campos de Petroglifos do Havaí. O campo de pedra é cheio de gravuras antigas de povos havaianos, um verdadeiro local sagrado para muitos habitantes do estado.

Steam Vents Trail: durante a caminhada pela trilha é possível ver aberturas de vapor que emanam do vulcão ativo Kilauea. A ventilação acaba se agitando mais quando a água subterrânea penetra nas rochas vulcânicas quentes, isso faz com que o vapor suba com mais força e velocidade.

Ingressos e horário de funcionamento do Parque dos Vulcões no Havaí

As taxas de entrada regulares são pagas na estação de entrada do Parque e custam:

  • US$30 por veículo- Válido por sete dias;
  • US$15 por pedestre ou bicicleta- Válido por sete dias;
  • US$25 por motocicleta – Válido por sete dias;
  • US$55 o passa anual do Havaí Tri-Park, que dá direito ao acesso por 1 anos a partir da data do primeiro uso, nos seguintes parques: Hawaii Volcanoes National Park, Haleakala National Park e o Pu’uhonua o Honaunau National Historical Park.

O Parque Nacional dos Vulcões fica aberto 24 horas por dia, todos os dias da semana. Mais informações estão disponíveis no site www.nps.gov/havo.

VEJA TAMBÉM:

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo