COMPRASVIDA NA AMERICA

Como comprar um carro nos EUA?

Conheça os veículos mais vendidos no país e os preferidos dos americanos

Uma das maiores paixões dos americanos são os carros. Porém, nos Estados Unidos não se tem muito apego ao veículo, assim como vemos entre os brasileiros, que em muitas famílias tem aquele carro que passa de pai para filho, atravessando gerações. Os americanos quando podem, costumam trocar de carro pelo menos uma ou até mesmo duas vezes ao ano.

Isso faz com que a indústria automotiva seja um dos setores que mais crescem no país. Sem falar da gasolina, que costuma ter um preço muito baixo, principalmente se comparado com o valor comercializado no Brasil.

Os Estados Unidos é o berço de grandes marcas mundiais como a Chevrolet, Ford e RAM. Com o passar dos anos se tornou também um mercado interessante para empresas do mundo todo. Toyota, Honda e Nissan, famosas marcas orientais, chegaram com tudo em solo americano e vem crescendo ano a ano, tanto em vendas como no gosto dos norte-americanos. Essas marcas já chegaram ao TOP 5 dos mais vendidos do último ano.

Os cinco carros mais vendidos nos EUA até janeiro de 2020

  1. Ford F-150

O carro mais vendido no país é a F-150 da Ford. A picape lidera o ranking desde a década de 1980. É o mais querido entre os americanos, representando bem o estilo do consumidor do país e a preferência histórica por carros grandes e potentes. Até janeiro deste ano foram vendidas 794,080 unidades do modelo.

Preço: Uma Ford F-150 nova custa a partir de US$28.155.

  1. RAM PICK-UPS

Em segundo lugar está a RAM PICK-UPS. Vale lembrar que tanto a Ford quanto a RAM unem as vendas das camionetes de vários portes, por isso esse resultado. A RAM Heavy Duty, por exemplo, foi eleita a picape do ano pela revista especializada MotorTrend. Ela é formada pelos modelos 2500 e 3500 e foi a utilitária que mais teve crescimento de vendas no país em 2019.

Preço: O preço de uma RAM PICK-UPS nova custa a partir de US$31.695.

  1. Chevrolet Silverado

O terceiro lugar dos carros mais vendidos nos EUA é da Chevrolet Silverado. O modelo tem um porte mais pesado e é focado tanto no trabalho quanto no lazer. O design da Silverado HD 2020, por exemplo, tem a proposta de mostrar força e potência.

Preço: O valor médio de uma Chevrolet Silverado é de US$35.695.

  1. Toyota RAV-4

A quarta posição fica para a japonesa Toyota RAV-4. Em 2019, o modelo foi o SUV mais vendido no mundo, com 965.760 unidades e foi o quarto na tabela geral dos veículos de passageiros.

Preço: O valor médio da Toyota RAV-4 é de US$24.700.

  1. CR-V da Honda

O quinto carro mais vendido nos Estados Unidos é CR-V da Honda, com 348.070 unidades vendidas até o começo do ano. A linha desse SUV passou a ter o Honda Sensing, que é um pacote de recursos semiautônomos da marca, para todas as versões do CR-V norte-americano.

Preço: O preço do CR-V da Honda é a partir de US$24.150.

O valor dos modelos de luxo do TOP 5 mais vendidos dos Estados Unidos não passam de 69 mil dólares.

Como comprar um carro nos Estados Unidos

A maneira descomplicada para adquirir um veículo nos EUA contribui e muito para as vendas. A taxa de juros varia muito e se você possuir um bom Credit Score comprovando suas habilidades de bom consumidor o processo pode ficar ainda mais fácil.

 Ao contrário do Brasil, os Estados Unidos beneficiam e muito se você é um bom pagador possibilitando a diminuição dos juros e do número de parcelas. Nos EUA também não é possível pessoa física comprar carros em leilões, mas nada impede de seu vendedor autorizado ir ao leilão e dar o lance para você.

Financiamento

O financiamento de veículos nos EUA é relativamente fácil. Favorece até mesmo a compra de veículos mais novos, sem que isso represente um acréscimo exorbitante no valor final do carro.  Os juros dos financiamentos no país não são tão altos como no Brasil, por exemplo.  Mas é sempre bom ficar atento ao processo de financiamento, escolhendo lojas recomendadas e de confiança.

É importante verificar a milhagem do veículo se ele for usado, o mais indicado é que esteja abaixo de 100 mil milhas. Outro cuidado a ser tomado é em relação à documentação.  A dica é verificar o Carfax, que nada mais é o histórico do automóvel. Ele contém os registros do carro, se já teve acidente, quantos donos já teve, mostra inclusive se ele já teve algum problema mecânico.

Dependendo do lugar em que é vendido o veículo, o documento é oferecido de graça, se não é possível ir ao site do Carfax com o número do chassi, pagar a taxa e pegar esse histórico. Geralmente custa de US$40 a US$100.

Como funciona o financiamento?

O financiamento de um veículo é feito baseado no percentual da renda do comprador. A partir daí será calculado o valor da parcela a ser paga. As taxas podem variar de um caso para outro. Após serem definidas as taxas e o valor das parcelas do financiamento, o comprador assina o contrato e ele é encaminhado para uma instituição financeira. Após a aprovação, o processo de financiamento é concluído.

Quais os documentos necessários para fazer um financiamento?

Para realizar um financiamento de carro nos Estados Unidos, é preciso ter em mãos pelo menos os seguintes documentos:

  • Passaporte: é essencial apresentá-lo para solicitar um financiamento;
  • I-94: esse é um documento que todo estrangeiro deve preencher ao entrar nos Estados Unidos (saiba como conseguir o seu aqui);
  • Carteira de motorista dos EUA: cada estado americano possui as próprias regras para a emissão da Carteira de Motorista (Driver License), portanto é preciso pesquisar as exigências do local em que você mora. A carteira de motorista brasileira é válida somente por 30 dias nos EUA. Além dela a pessoa precisa também de uma Permissão Internacional para Dirigir (PID). Esse documento é emitido pelo DETRAN e é obrigatória caso você vá dirigir no país com a CNH brasileira; (veja como tirar sua carteira aqui)
  • ITIN Number: esse é o documento que comprova que o cidadão recolhe impostos nos EUA. Para requerer crédito e realizar um financiamento é necessário ter um ITIN Number;
  • Comprovante de endereço: é necessário apresentar um comprovante de endereço nos EUA para realizar um financiamento. O documento pode ser uma conta de luz, correspondência do banco, etc.
  • Comprovante de renda: um comprovante de renda também é solicitado para fazer o financiamento. É através dele que será calculada a média das parcelas. É importante também a análise do crédito junto ao banco. Você pode apresentar uma carta do empregador, extratos bancários, entre outros.

Financiar um carro nos EUA pode ser uma saída para quem não tem o valor para pagar à vista.

Leasing

O processo de Leasing nos EUA funciona como se fosse um “aluguel” do veículo. O comprador vai até uma concessionária e realiza o contrato, paga as parcelas do carro por um período determinado por ele (12, 24 ou até 36 meses), usa o carro, porém sabendo que o veículo não é dele. Quando chegar ao final do contrato, a pessoa vai até a concessionária onde fez o contrato e então terá as seguintes opções:

  • Fazer o pagamento do restante do valor do carro e ai então ficar com ele de vez;
  • Devolver o veículo, pegar outro e fazer um novo contrato de Leasing;
  • Ou simplesmente devolver o automóvel de vez. Nesse caso, deve ficar bem claro que a pessoa não terá de volta o valor das parcelas que foram pagas enquanto durou o contrato.

Comprar um carro à vista

A decisão de comprar um carro à vista nos Estados Unidos precisa ser bem analisada. Você precisa pensar se vai valer mais a pena pagar à vista ou solicitar um financiamento. Se você possui todo o dinheiro para o pagamento e após a compra não vai se apertar financeiramente, então pode ser a melhor escolha.

Mas se a compra à vista for prejudicar seu orçamento, então é melhor analisar a opção de um financiamento, ou até mesmo aguardar um pouco, juntar o dinheiro e investir no objetivo depois de um tempo.

Os carros usados nos Estados Unidos costumam ter um ótimo preço, é possível inclusive encontrar um veículo em bom estado a partir de US$2.500 ou US$3.000. Mas vale lembrar que é importante verificar as condições do carro, documentação e ainda pesquisar a procedência da loja em que você vai comprar.

VEJA TAMBÉM:

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo